Página Inicial / Declaração de Família Web

Declaração de Família Web


Logo da Campanha Declaração de familia crd

O Instituto de Previdência  Municipal de São Paulo – Iprem desenvolveu um novo sistema para que os servidores ativos e inativos possam fazer a declaração de família com rapidez e praticidade. Nesta página você encontra todas as informações necessárias para realizar com segurança sua Declaração de Família.

Bem Vindos Servidores !

Para acessar diretamente o sistema da Declaração de Família Web, clique aqui.

Regras de classificação de grupos

Regras de classificação de grupos

Antes de iniciar a orientação para o cadastro dos dependentes é importante que o usuário se atente as regras do sistema Declaração de Família Web. Ao preencher os tipos de dependentes, existem restrições que impossibilitam a continuidade da gravação dos dados. Veja quem são os as classes de beneficiários de pensão por morte no quadro abaixo:

 

  • Primeira classe: Cônjuge, Companheiro, Filho, Filha.
  • Segundo classe: Pai, Mãe.
  • Terceira classe: Enteado, Enteada, Tutelado.
  • Quarta classe: Irmão, Irmã.

Conhecendo a classificação de beneficiários de pensão por morte, o usuário deverá seguir as regras de restrições no ato do preenchimento. Veja:

  1. Se declarar filho, enteado ou irmãos solteiros inválidos, o sistema aceita o preenchimento sem restrições.
  2. Se declarar enteado ou irmão solteiro, o sistema não permitirá gravar os dados, caso ele possua idade acima de 21 anos.
  3. Se declarar tutelados, o sistema não permite gravar os dados, caso ele possua idade acima de 18 anos.
  4. O sistema só permitirá gravar os dados se o dependente possuir um número de CPF.
  5. Caso seja cadastrado algum dependente da primeira classe, não será permitido cadastrar qualquer dependente da segunda e quarta classe.
  6. Caso seja cadastrado algum dependente do segunda classe, não será permitido cadastrar qualquer dependente da primeira, terceira e quarta classe.
  7. Caso seja cadastrado algum dependente da terceira classe, não será permitido cadastrar qualquer do segundo grupo e quarta classe.
  8. Caso seja cadastrado algum dependente da quarta classe, não será permitido cadastrar qualquer da primeira, segunda e terceira classe.

Passo a passo para efetuar a Declaração de Família Web

Passo a passo para efetuar a Declaração de Família Web

  1. Login

Para iniciar o processo de preenchimento da declaração de família do servidor público, o usuário deverá acessar o endereço eletrônico abaixo para fazer o Login inicial.

https://www.declaracaofamilia.iprem.prefeitura.sp.gov.br/

O quadro abaixo será exibido:

login

Após abrir a página, o usuário deverá inserir o CPF do servidor, digitar a senha provisória (últimos 4 dígitos do CPF do servidor) e inserir o código de segurança, conforme ilustração abaixo:

cpf

Alteração de senha

Por questões de segurança, o usuário deverá trocar a senha após o 1° acesso. Ao executar os passos conforme etapa anterior, automaticamente a mensagem para solicitação de troca de senha será exibida. Digite a senha atual (4 últimos dígitos do CPF), insira a nova senha e confirme. Coloque o e-mail e confirme-o no próximo campo. Após, clique em “Trocar”, conforme ilustração abaixo:

senha

Caso o usuário queira solicitar uma nova senha, preencha os dados como a data de nascimento, CPF, primeiro nome da mãe, e-mail, confirmação de e-mail e clique no campo “Enviar senha”, conforme ilustração abaixo. A nova senha será encaminhada para o e-mail cadastrado:

 senha 2

  1. Entrando no ambiente de preenchimento

Após a execução da etapa de acesso, o usuário será encaminhado para um  único ambiente, conforme ilustração abaixo. Nesta fase, será necessário o preenchimento de todos os campos obrigatórios para que o sistema grave os dados com sucesso. O preenchimento está dividido em três etapas:

  • preenchimento do cadastro do servidor,
  • do dependente
  • outras informações.

O Declaração de Família Web permite gravar os dados e futuramente, por meio de um novo acesso, completar as informações restantes. Por exemplo: caso inclua os dados do servidor, o usuário poderá gravá-los e posteriormente, acessar o sistema sem que as informações inseridas sejam perdidas. O sistema armazena todos os dados que foram gravadas, sendo possível, acessar a qualquer momento.

O Declaração de Família Web também possui acesso para RETIFICAÇÃO das informações. Caso o usuário queira fazer alguma alteração ele poderá acessar com a mesma senha. Para o sistema, prevalecerá sempre, as informações da última declaração enviada.

dados

  1. Preenchimento dos dados do servidor

Na primeira parte, o usuário deverá preencher os campos com os dados pessoais do servidor, conforme ilustração abaixo:

dados2

Observe que no campo “Empresa” constará o órgão de trabalho atual do servidor ou o último em que o aposentado atuou. Esta opção já vem preenchida pelo sistema junto com outros campos pré-determinados como CPF, RF, NOME, DATA DE NASCIMENTO, SEXO, NOME DA MÃE. O campo de informações a ser inserido após “empresa” é o RF, registro funcional do servidor cadastrado quando inicia o cargo público na Prefeitura. Após o preenchimento de todos os outros campos, o usuário deverá clicar em “Gravar dados do servidor”, conforme ilustração abaixo.

dados3

Após clicar em “gravar dados do servidor”, a confirmação “Dados dos servidor gravado com sucesso” será exibida:

dados4

  1. Cadastro de Dependente

O usuário deve preencher o 2º quadro solicitado: dados dos dependentes. Lembre-se que para o preenchimento dessas informações, deverá ser respeitado as regras da Declaração de Família Web, conforme explicação da aba “Regras de classificação de grupos”. Os campos devem ser preenchidos conforme a ilustração abaixo:

dependente

Servidor sem dependentes

Para os servidores que não possuem dependentes, o modo de preenchimento é mais simples. Basta clicar no campo em branco ao lado de “não possuo dependentes” e após, clicar em “Gravar dados do Dependente”, conforme ilustração abaixo:

dependente2

Inclusão de dependentes inválidos

Para a gravação dos dependentes, o usuário deverá preencher todos os campos, sendo possível cadastrar mais de um, conforme orientação inicial. Se o dependente for inválido por determinação médica, deve-se clicar no campo ao lado da palavra “Inválido”. Lembre-se que, selecionando esta opção, o sistema permitirá cadastrar dependentes maiores de 21 anos. Basta o usuário acionar a opção, preencher os dados restantes e clicar em “gravar dados do dependente”, conforme orientação apresentada abaixo:

dependente3

Dependentes menores de 21 anos

Para cadastrar dependentes menores de 21 anos, o usuário deverá, primeiramente, selecionar a opção ”Tipo de dependente”, conforme regras anteriores. Caso o dependente tenha idade acima de 21 anos, ao gravar os dados, será exibida a mensagem “dependente deve ter no máximo 20 anos, 11 meses e 29 dias, conforme ilustração abaixo”.

dependente4

O sistema solicita dados básicos para a declaração de dependentes: Tipo de dependente, nome do dependente, CPF, nome da mãe, estado civil e sexo. Preenchido todos esses campos conforme regras estabelecidas, o usuário deverá clicar em “gravar dados do dependente”, de acordo com a ilustração abaixo:

 dependente5

A mensagem exibida após a gravação dos dados dos dependentes será “dados do dependente gravados com sucesso”, conforme ilustração abaixo:

 dependente6

Caso o usuário queira cadastrar outro dependente, basta proceder da mesma forma, conforme explicação anterior. Quando um nome for cadastrado, este deverá aparecer na parte inferior do quadro, conforme ilustração abaixo:

dependente7

  1. Outras Informações

Na última etapa do preenchimento, o usuário poderá adicionar as informações que achar necessárias. Basta preencher no campo indicado e clicar em “gravar outras informações”, conforme ilustração abaixo:

dependente8

  1. Enviar Declaração

O usuário, após o preenchimento obrigatório de todos os campos, deverá enviar o documento a base de dados do Iprem. Basta clicar no ícone ao lado de “Declaro, sob as penas da lei que as informações aqui prestadas são verdadeiras” e em seguida, pressionar o botão “Enviar declaração”. A mensagem “Declaração enviada com sucesso” será exibida:

dependente9

Será exibida a ilustração de “declaração enviada com sucesso”:

dependente10

  1. Retificação

O usuário poderá efetuar a retificação dos dados após o envio da declaração. A mensagem “Deseja fazer uma retificadora” será exibida, permitindo ao usuário fazer alterações nas informações gravadas anteriormente. O processo de preenchimento para a retificação de informações são os mesmos apresentados neste tutorial.

retificação 

 

  1. Imprimindo o protocolo

Após o envio da declaração, o sistema também permite a impressão do protocolo, conforme ilustração abaixo. Para imprimir o documento de comprovação, o usuário deverá clicar em “imprimir último protocolo”.

 protocolo

Após clicar em “Imprimir o último protocolo” o documento será exibido, conforme modelo abaixo:

impressão

Quem deve fazer a declaração?

Quem deve fazer a declaração?

Todos os servidores municipais da cidade de São Paulo, ativos e inativos, devem fazer a declaração de família de conforme a Lei 8989 de 29/10/1979, art.178 inciso VI do Estatuto dos Funcionários do Município de São Paulo.

Já fiz a declaração em papel, posso fazer novamente pelo novo sistema?

Já fiz a declaração em papel, posso fazer novamente pelo novo sistema?

Pode sim, alias, deve. Agora todo servidor ativo e inativo que já tenha efetuado a declaração de família no ano de 2018, deverá fazer novamente pelo sistema eletrônico “Declaração de Família Web”. Caso não faça a declaração, o pagamento poderá ser suspenso.

Para que serve a declaração?

Para que serve a declaração?

A Declaração de Família é um importante documento para a concessão e manutenção de benefícios previdenciários, quanto para a elaboração das projeções atuariais de futuros gastos com previdência. Atualmente as declarações de família são feitas em formulário de papel e anexadas ao prontuário do servidor o que dificulta controle e gestão por parte da Unidade de Recursos Humanos e da entidade previdenciária do município.

Frente a essa dificuldade e a relevância dos dados contidos nessas declarações foi desenvolvida ferramenta na web, com o objetivo de facilitar sua captação e atualização, além melhorar a qualidade da base de dados utilizada pelo IPREM. A implantação do sistema contribuirá na agilidade da instrução de processos para a concessão do benefício, além possibilitar ao Instituto significativa melhoria na projeção de estudos atuariais, pois permite o acompanhamento fiel da base de dados de dependentes dos segurado do Regime Próprio de Previdência Social.

Caso queira o material completo, clique para fazer o download: Arquivo PDF do tutorial – Declaração de Família Web.